Clássicos da TV Brasileira - Batman e Superman

Batman

O Batman é o herói que teve mais versões em todos os tempos. Saiu dos quadrinhos para as séries de TV (quem não se lembra de Adam West como Batman dançando?) virou desenho animado com direito a Batman do futuro e vários filmes contando a sua história. É claro que o novo Batman com Christopher Nolan como diretor é, ao menos para mim, a melhor versão de todas, não que eu não goste das outras, porque eu gosto. Sei também que muitos fãs detonam os filmes anteriores ao Batman Begins, mas eu gostava e assisti a todos. Os dois primeiros são os meios preferidos (Batman e Batman – O Retorno). Como detesto o Val Kilmer, o Batman Eternamente é o meu menos preferido de todos. Adoro Michelle Pfeiffer de Mulher Gato, tenho nojo do Danny DeVito de Pinguim, dei muitas risadas com Jim Carrey como o Charada e amei Jack Nicholson (que trocou o cachê por participação nos lucros e se deu bem) como o coringa. Sou obrigada a comentar que também amo Heath Ledger como coringa, pois conseguiu com honra ao mérito reinventar o papel.


Dos atores que fizeram o Batman os meus preferidos são Michael Keaton e George Cloney. O Robin (Chris O'Donnell) e a Batgirl (Alicia Silverstone) ficaram bem ruinzinhos, sem falar na mudança de algumas histórias no filme, como por exemplo a história de Barbara (Batgirl), que no original é filha do Comissário Gordon e não sobrinha do mordomo Alfred (Michael Gough). No entanto, estou acostumada com essas intromissões nas histórias originais, tanto nas histórias em quadrinhos quanto nos livros e principalmente se for da Warner!

O primeiro filme de 1989 é de Tim Burton, lembre-se Michael Keaton foi durante muito tempo o queridinho do diretor (espero que um dia Burton se lembre dele novamente). A crítica na época até que foi boa e o filme ganhou o Oscar de melhor direção de arte. Mel Gibson, Kevin Costner, Charlie Sheen, Pierce Brosnan, Tom Selleck e Bill Murray estiveram cotados para interpretar o Batman e até Adam West almejou o papel! Michael Jackson, no entanto, queria apenas ser o Charada, mas acho que Burton pensou que iriam gastar muita maquiagem com ele.

A série dos Batmans da década de 90 passaram por diversas vezes na Sessão na tarde e na Sessão de sábado, por isso viraram clássicos da TV brasileira!

Superman

Antigo, mas não menos interessante outro herói que sempre costumava aparecer nas telinhas brasileiras era o super-homem. Pretendo nem comentar a última versão do filme (Superman – O retorno), pois foi de chorar de tão ruim. Quero apenas me deter aos filmes de Christopher Reeve. O primeiro (de 1978) dos quatro da série teve um grande sucesso. O elenco contava com Gene Hackman como Lex Luthor, Marlon Brando como Jor-El que ganhou 8 milhões para aparecer apenas 10 minutos no filme e Margot Kidder a eterna Lois Lane.


Já no segundo filme (de 1980) o diretor do primeiro Richard Donner foi demitido. Porém Donner já havia filmado muitas cenas e Richard Lester apenas teria “terminado” o filme. Dessa vez além de Luthor, Superman tem o famigerado General Zod (Terence Stamp) como vilão.

Superman III (1983) também passou por mudanças significativas, Gene não aparece na história, mas aparece a chatíssima Lana Lang! Apesar do filme ter sofrido duras críticas, Christopher Reeve foi bastante elogiado por ter interpretado de maneira espetácular a versão malvada do super-homem.

O quarto e último da série de Reeve, Supermem IV (1987), foi considerado pela crítica o pior de todos e como sempre ando na contramão, é o meu preferido. Eu sei que os efeitos são péssimos, mas a história é uma das melhores, sendo recorrente, inclusive, nos desenhos. Superman resolve destruir todas as armas nucleares, jogando todas elas no sol. Porém, Luthor consegue colocar uma amostra do DNA do nosso herói junto com as bombas nucleares. Assim quando superman tenta destrui-la, na verdade acaba criando o “homem-nuclear”.

Bons ou ruins, Superman e Batman são meus herós preferidos. Jamais vou esquecer a cena da Mulher Gato sendo eletrecutada e muito menos da clássica cena de Lois Lane caindo enquanto Superman a pega no ar. Cenas clássicas de heróis clássicos.

Abaixo os trailer de Batman o Retorno e o Superman II (sem legendas)

          

          

Michele Lima

Blogueira, tradutora, revisora, redatora, professora e pau pra toda obra. contato: michele_silvalima
@yahoo.com.br

Próximo
« Prev Post
Anterior
Next Post »
Comentários
4 Comentários
4 comentar
avatar

Nossa, vc gostou do George Clooney como Batman?! Credo...

Acho os filmes do Tim Burton muito legais, com excelentes e inesquecíveis caracterizações. Gosto de "Batman Eternamente", sobretudo quando me lembro da música do Seal. No entanto, os meus preferidos são os do Christopher Nolan. São os melhores filmes de super-herói, na minha opinião.

Os filmes do Superman eu não vi muito e, assim, não tenho como os criticar.

Responder
avatar

Claro que gostei do George com aquele sorriso malando kkkkkkkkkkk!!!! Gosto da música do Seal, mas Val Kilmer ninguém merece......

Responder
avatar

Apesar de ter adorado o último filme do Batman de 2008, o meu favorito e que me cativou para acompanhar toda a série continua sendo Batman O Retorno (1992). Adorei o clima gótico que Burton deu para esse filme. Um pequeno detalhe: Madonna foi chamada para interpretar a Mulher-Gato e chegou a aceitar o papel, mas, devido a uma lista de exigências típica de uma diva, os produtores resolveram reconsiderar a atriz e chamaram Pfeiffer, ainda bem porque ela estava ótima. O primeiro Batman (1989), apesar de ser o mais elogiado pela crítica e o que fez mais sucesso de público entre os 4, é o que eu menos gosto. Também achei George Clooney como Batman beeem fraquinho. Ah! só uma correção, em Batman & Robin (1997), a Batgirl não é filha do velho mordomo, mas sim sobrinha.

Responder
avatar

Obrigada Vinicius já arrumei o texto! Valeu!

Responder