Final de Lost

Quem ainda não viu o final e não quer saber dos detalhes, pule imediatamente este post. Agora quem quiser ler sobre o final de Lost prossiga.

Não vou dizer que amei, porque não amei, mas não vou também dizer que foi ruim, porque o final tampouco foi ruim; foi lindo! Não gostei porque foi triste, muito triste. Chorei litros e até solucei! Queria um final feliz, mas nem tudo é perfeito.


Tem muita gente dizendo asneira sobre o final da série, eu realmente respeito o gosto e a interpretação de cada um, mas acho que quem diz que o final foi péssimo é porque provavelmente não se evolveu o suficiente com a série. Li em alguns blogs que todos haviam morrido no final das contas e que o público havia matado a charada na primeira temporada. Meu Deus! Interpretação tem limite! O Christian Shephard só faltou desenhar na igreja a explicação do final da série!



É claro que eles morreram, afinal todo mundo morre um dia, mas não morreram na queda do avião! Tudo que vimos ao longo dos seis anos aconteceu de verdade! Como é que eles estavam mortos e morreram novamente na ilha? Como é que morta a Clair iria dar á luz ao Aron e como o Jin e a Sun teriam um filho, ou como eles poderiam sair da ilha se estavam mortos? Tudo aconteceu, de verdade! Acontece que a dimensão paralela que apareceu na última temporada, era nas próprias palavras de Christian, um lugar que eles mesmos criaram para poderem se encontrar. Viveram a parte mais importante da vida deles juntos e não queriam morrer sozinhos. Estavam ali esperando por Jack, para que juntos pudessem enfim ir ao paraíso, ao céu, ou sei lá o que.


O pai de Jack explicou que todos morreram sim, uns antes de Jack e outros depois: Saydi, Jin e Sun morreram no submarino, Charlie na terceira temporada, Juliet na última, já Sawyer, Clair, Kate, Miles, Lapidus, Hugo, Ben e Desmond muito tempo depois de Jack, numa vida que não vimos. Porém todos foram se lembrando pouco a pouco, na realidade paralela, de suas vidas e foram se encontrar na igreja à espera de Jack, que se por um lado fechou seus olhos no mesmo local que abriu no inicio da série, com apenas a companhia de Vicent, por outro lado não estava só; estava com todos aqueles que foram importantes em sua vida, isto é, com quase todos os personagens da série. Por isso foi lindo, pois ninguém quer morrer só e eles resolveram partir juntos, juntos com Jack.


Kate, Sawyer, Clair, Lapidus, Miles e Richard Alpert saem da ilha e vão seguir suas vidas. Hugo virou o protetor do local com a ajuda de Ben e assim como todos viveu e morreu. Eu queria que Jack terminasse feliz com a Kate, mas meu consolo é que se reencontraram e descansaram juntos em paz. Também queria saber o que aconteceu com os que viveram, como eles viveram, como Desmond vai embora da ilha e também o reencontro de Clair com Aron. Mas tudo bem, se fossem mostrar tudo isso, Lost teria um final de no mínimo 5 horas.

Quanto às perguntas não respondidas, isso, ao menos para mim, não fez muitas falta. O que era a luz não me interessa. É a mesma coisa que se perguntar de onde viemos e para onde vamos. É curioso? É! Mas não precisamos da resposta para viver. Não precisei da todas as respostas para gostar da série, admirá-la e me emocionar com o seu lindo final. Valeu à pena? Valeu e muito! E como meu amigo Cristiano me perguntou: quem vocês querem na igreja como companhia quando morrerem?

Michele Lima

Blogueira, tradutora, revisora, redatora, professora e pau pra toda obra. contato: michele_silvalima
@yahoo.com.br

Próximo
« Prev Post
Anterior
Next Post »
Comentários
4 Comentários
4 comentar
avatar

Michele, acho que Lost, o final, abriu para várias interpretações, eu entendi que sim, todos estavam mortos, mas que viveram aquilo tudo juntos e quando morriam iam para a realidade alternativa e criaram um mundo diferente onde até Jack tinha um filho. A ilha foi um processo de redenção, de recuperação e de encontro, encontro de amor. Pra mim, todos eles se encontram definitivamente mortos na igreja, inclusive Desmond que estava lá com Penny. Mas isso foi o que eu vi, sei lá, amei o final.

Responder
avatar

Passei direto por este post. Depois que assistir ao episódio comento. Porém, um consolo para os órfãos de Lost, Fringe, que decepcionou um pouco em alguns episódios da primeira temp., está arrasando na segunda.

Responder
avatar

sem palavras eu nao queria saber o que acontece quando morri, eu gostaria de saber oq a ilha era, o final era para ser científico nao esta besteira para pessoas que acreditam em deus, o meu final é 1000 vezes melhor.

Responder
avatar

Mamis, eu tb entendi exatamente como vc, eles se encontraram mortos na igreja, mas não porque morreram na queda do avião como muitos falaram. Foram morrendo e depois se encontrando na realidade paralela para enfim partir juntos. Acho que a gente deve ter entendido certo rsrsrsrs

Responder