Noite em Casa

Uma prova de Amor

Quando eu vi o trailer desse filme fiquei com muita vontade de assisti-lo, depois que eu li a resenha do Ambulatório TV, tive mais vontade ainda! Então, um dia criei coragem, peguei meu pacote de lencinho e fui assistir. Chorei claro, e muito, isso já era de se esperar, só não esperava pela ótima interpretação de Cameron Diaz. Da Abigail Breslin eu já esperava um show, mas da Cameron Diaz não. Já conhecia a atriz que tem leucemia, Sofia Vassilieva, ela é filha de Allison DuBois (Patricia Arquette) da série Medium e mais um vez a atriz se sai bem.

Com um histórico de várias cirurgias, tudo para ajudar a irmã que está morrendo, Anna (Abigail Breslin) vai até um advogado (Alec Baldwin) pedir independência médica, para que parem de usá-la. Neste mesmo momento a sua irmã precisa de um rim, o que preocupa e deixa a mãe de Anna e Kate irritadíssima com a situação. Afinal, Anna se recusa a salvar a irmã e passar por mais uma cirurgia.

O filme é narrado pelos personagens (pai, mãe, as duas filhas e o filho do meio), mostrando por flashbacks o ponto de vista de cada um. Kate apesar de sentir que está morrendo parece não se importar com a situação (ao final do filme entendemos a causa), o irmão claramente não sabe o que fazer e o pai tentar entender os motivos de sua filha caçula para chegar a tal situação.

Sara é uma mãe persistente e de modo algum admite perder a filha, mesmo que para isso ela tenha que deixar de ser esposa e mãe dos seus outros filhos. Já Anna é uma graça e sustenta com veemência sua decisão com o apoio de seu advogado. Na verdade, a batalha judicial fica em segundo plano, o diretor Jeremy Leven (de Diário de uma Paixão) quer mesmo é mostrar a relação da família com a convivência da morte iminente de um ente querido. Não cheguei a ler o livro, ainda, mas o filme é intrigante, bonito e cheio de drama. Duração: 109 minutos


Sex and the city

Aproveitando o embalo da estréia do segundo filme, indico hoje o primeiro. Assistir ao filme sem conhecer a série até é possível, mas muitas coisas se remetem ao seriado, então quem já assistiu poderá desfrutar melhor o filme. As quatro amigas não mudaram tanto. Carrie (Sarah Jessica Parker) continua namorando Mr. Big (Chris Noth) que a pede em casamento. A partir disso se desenvolve os problemas por conta da cerimônia, já que Carrie quer algo grandioso, enquanto Big quer algo mais discreto. Miranda (Cynthia Nixon) está com dificuldades em conciliar casamento, filho e trabalho. Samantha (Kim Cattrall) continua com Smith e com todo esforço possível, permanecer fiel ao namorado. Já Charlotte (Kristin Davis) está vivendo uma vida perfeita, com seu marido e com a filha adotada. Claro que as cenas mais “calientes” são protagonizadas por Samantha e devo dizer que as mais hilárias também. O filme segue o estilo da série e é muito engraçado. Duração: 148 minutos



Pai rico e Pai pobre

Recentemente li Pai rico e Pai pobre. Super conceituado no universo administrativo e econômico, o livro mostra com simplicidade como devemos ganhar nosso dinheiro e o que fazer com ele. As regras são simples, básicas, como por exemplo, guardar mais do que gastar. Entretanto, o livro se diferencia por sua narrativa. O protagonista e autor do livro Robert, conta um pouco da sua vida, sobre seu pai pobre (biológico) e o rico (pai de seu melhor amigo). O pai rico vai ensinando o protagonista a crescer na vida, a não ser um trabalhador comum que aceita ser explorado e enfim alguém que coloca o dinheiro para trabalhar por você e não você trabalhar pelo dinheiro. É interessante como Robert T. Kiyosaki vai contando a sua história e nos ensinando também.


A princípio fiquei um tanto deprimida porque para colocar o dinheiro para trabalhar, você precisa no mínimo ter dinheiro! Mas o livro é interessante e de fácil leitura. Certeza que dá para ler em um fim de semana e começar a segunda-feira pensando em ganhar dinheiro! Duração: um final de semana.

Michele Lima

Blogueira, tradutora, revisora, redatora, professora e pau pra toda obra. contato: michele_silvalima
@yahoo.com.br

Próximo
« Prev Post
Anterior
Next Post »
Comentários
1 Comentários
1 comentar
avatar

Nossa, chorei muito com o filme Uma prova de amor! Tive muita pena da personagem da Cameron Diaz!

Responder