Três décadas de música - Parte I - Casas

Depois da lista de clipes com meios de transporte, Três décadas de músicas mostra alguns clipes dentro de casa, isto é, clipes entre as quatro paredes do quarto, da cozinha, do banheiro......

Anos 80

Cindy Lauper – Girls Just Wanna Have Fun. Mostrando o ponto de vista masculino, Robert Hazard escreveu praticamente um hino feminista! A casa não aparece em todo o clipe, mas em boa parte dele, pois Cindy faz questão de nos mostrar o ambiente familiar e a opressão que as mulheres passavam (ou ainda passam). No final do clipe a ruivinha invade sua própria casa fazendo aquela algazarra, deixando sua mãe e seu pai aterrorizados! Detalhe: reparem que a foto que aparece no cabeçalho do blog é de uma cena desse clipe.



Queen – I Want to Break Free. Eu não sabia, mas o clipe é uma paródia de uma novela britânica chamada Coronation Street. Ao contrário do Reino Unido que enxergava apenas o humor, os americanos jorraram críticas em relação ao homossexualismo e principalmente ao fato de homens se vestirem como mulheres! O clipe inclusive foi proibido na MTV americana, só sendo liberado em 1991, 8 anos depois de sua gravação. Polêmicas à parte, as donas de casa estão ótimas!



Stevie Nicks – Rooms on fire. O clipe se passa em uma linda mansão e Stevie Nicks às vezes aparece como a dama de vermelho e outras vezes com uma camisola branca assustadora.



Anos 90

Van Halen – Can’t stop loving you. Música tema da novela História de Amor! Algumas histórias são mostradas neste clipe, algumas com pessoas dentro de suas casas, mas é a banda que aparece o tempo todo tocando em uma sala.



George Michael – Freedom ’90. George Michael se recusou a aparecer nesse clipe que foi dirigido por David Fincher. Porém, muitos modelos foram convidados para a gravação (Naomi Campbell, Linda Evangelista, Christy Turlington, Patitz Tatjana, Cindy Crawford, John Pearson, Mario Sorrenti, e Peter Formby). Quanta gente bonita em uma única casa! 


Marilyn Manson – Sweet dreams. Gosto tanto da versão original de Eurythmics quanto dessa versão de Manson, só não gosto mesmo é dessa casa que mais parece um macabro hospício!



Metallica – Whiskey in the jar. Típica festinha com música e muita bebida, a diferença é que no clipe os únicos homens na casa são os músicos da banda.



Anos 2000

Audioslave – Like a stone. Adoro essa música, mas não é só por isso que a selecionei. A letra tem tudo a ver com o tema “casa” e a banda toca em uma velha mansão espanhola, onde ninguém menos que Jimi Hendrix morou! A criança que aparece quase ao final é o filho do baixista Tim Commerford.



Counting Crows – Accidentally In Love. Talvez eu seja uma das poucas pessoas do mundo que simplesmente não gosta de nenhum dos filmes do Shrek e consequentemente, por mais bonitinho que possa ser o clipe, não gosto dessa música. O videoclipe mostra um bichinho de pelúcia cantando enquanto a menina tenta dormir um pouco mais e o bobão do namorado tenta fazer o café da manhã.



A-Teens – Upside down. Nunca dei muita bola para esse grupo e essa música me parece tão comum e tão boba, mas segundo minhas pesquisas Upside down conseguiu alcançar um razoável sucesso. O clipe mostra os quatro integrantes da banda em uma casa um tanto esquisita.



Shakira e Alejandro Sanz – La Tortura. Não é uma casa e sim um apartamento. Com a proximidade das janelas dos edifícios fica fácil dar aquela espiadinha, estilo Big Brother. Tratando-se de Shakira e Alejandro Sanz, pegue seu binóculo, a pipoca e assista a cenas pra lá de calientes!


Britney Spears - If U Seek Amy. Na década de 80 tínhamos paródias da vida de dona de casa e críticas à opressão feminina, neste clipe de Britney Spears o que temos é a simples e pura ironia e hipocrisia. A casa serve como fachada para uma vida um tanto promíscua, mostrando que de fato ninguém sabe o que acontece detrás de cada porta, a loira e simpática dona de casa pode muito bem ser uma profissional do sexo.



Lista de Giovi, Vinicius Martins e Michele Lima

Mais algumas casas na próxima semana.

Michele Lima




Blogueira, tradutora, revisora, redatora, professora e pau pra toda obra. contato: michele_silvalima
@yahoo.com.br

Próximo
« Prev Post
Anterior
Next Post »
Comentários
4 Comentários
4 comentar
avatar

Mi, ficou ótimo!
Espero mais casas na semana que vem!
O Emerson vai ficar contente em ver a Stevie Nicks aqui.
E viva o boicote à Beyoncé!!

Responder
avatar

Queria dizer três coisas: De onde vc tirou que o cara que aparece no clipe de Girls Just Wanna Have Fun é padrasto da Cindy Lauper, não pode simplesmente ser o pai dela?

É impressão minha ou o clipe do Counting Crows (que vc não gosta) já tinha aparecido no blog nos clipes com animação?

A-Teens é o máximo! Que pena que essa versão melhorada do ABBA (espero que a Giovi não tenha caído da cadeira) acabou.

Responder
avatar

Não sei Vini, só Freud explica, fui pesquisar e de fato é o pai dela!!!

O clipe Counting Crows só foi citado nos clipes com animação.

Se a Giovi caiu da cadeira eu não sei, mas eu quase me engasguei agora.....

Responder
avatar

Caí e derrubei o teclado! Vou ficar toda roxa.
Não quero nem assistir ao clipe para me lembrar do desastre musical que é esse tal de A-Teens.

Sabe que, quando li o texto sobre o clipe da Cindy Lauper, fiquei um minuto em silêncio pensando na mesma coisa que o Vini?

Responder