Noite em casa - Só animação!

A Casa Monstro

A Casa Monstro é mais uma daquelas animações que consegue tratar a criança como um ser “não idiota”. DJ é um pré-adolescente que mora na frente de uma casa velha que tem um morador pra lá de assustador, Nebbercracker (Sr. Epaminondas no dublado). O garoto é viciado em observar os movimentos de seu vizinho e tem aquela típica babá fofa na frente dos pais e displicente na ausência deles.

Num belo dia, seu amigo Chowder deixa sua bola de basquete cair no jardim da assombrada casa. DJ resolve buscá-la, por insistência do amigo, mas Nebbercracker aparece e começa a brigar com o garoto. Seu nervosismo é tão grande que o senhor acaba tendo um colapso e aparentemente morre. Sem seu dono, a casa cria vida própria e não perdoa ninguém que passa por lá. O problema será no dia das bruxas, quando centenas de crianças irão até a casa para pedir doces. No entanto, DJ e seus amigos não deixaram que a casa engula mais pessoas.

Destaque para as cenas de comédias quando, por exemplo, Chowder e DJ brigam para chamar a atenção de Jenny. E destaque também para os dois polícias que são os personagens mais engraçados do filme.

Em termos estéticos a animação é perfeita e as sombras de cada cena dão o tom do terror necessário para uma animação infantil. Mesmo com cenas clichês, o suspense envolve qualquer telespectador curioso. A Casa Mostro aposta não só na animação como também em seu enredo, inteligente, bem estruturado e capaz de atingir todas as idades. Apesar dos personagens possuírem perfis tradicionais, como o garoto herói, o amigo gordinho e a garota esperta, o desenvolvimento da trama mostra que o filme é bem mais do que isso.

Não é sempre que o cinema americano mostra uma animação com uma história interessante como Coraline, O estranho mundo de Jack, A noiva cadáver, entre outros. Por isso recomendo A Casa Monstro, um filme leve, divertido e interessante. Duração: 90 minutos

        

La dama y la muerte

E como ando viciada em animação também indico esse belíssimo curta, que foi indicado ao Oscar deste ano no prêmio de Melhor Curta de Animação, escrito e dirigido por Javier Recio Garcia e produzido por Antonio Banderas.

Uma pobre velhinha vive sozinha em sua fazenda, esperando que um dia a Morte a leve para se encontrar novamente com o seu falecido marido. Uma noite, enquanto dormia finalmente ela morre e quando está prestes a ir para o outro mundo, a velha senhora acorda dentro de um hospital, já que um médico, pra lá de prepotente, salva sua vida. A partir de então começa uma engraçada e acirrada disputa entre o médico, com a ajuda de suas enfermeiras, e a Morte.

Animação puramente visual, sem nenhum diálogo! Vale a pena conferir. Duração: 8 minutos

        

Michele Lima


Blogueira, tradutora, revisora, redatora, professora e pau pra toda obra. contato: michele_silvalima
@yahoo.com.br

Próximo
« Prev Post
Anterior
Next Post »
Comentários
2 Comentários
2 comentar
avatar

Adorei o curta. Também estou vivendo uma fase animação, recentemente assisti a O Expresso Polar e O Castelo Animado, os dois filmes são simplesmente incríveis, não foi por acaso que o último venceu o Oscar de melhor Animação.

Responder
avatar

Que bom Vini que gostou! Ainda não assisti O Castelo Animado, mas assistirei essa semana!

Responder