Noite em Casa - Sex and the city 2


Bastante difícil uma série virar um filme, mais difícil ainda é o filme ter uma continuação. Porém, Sex and the city nunca foi uma série qualquer, por isso nunca deve ser subestimada.

Grande parte da crítica disse que a continuação foi melhor que o primeiro, mas continuo preferindo o primeiro. Não que a sequencia seja ruim, porque não é, mas é extremamente exagerado e senti que estava faltando alguma coisa no enredo. O foco no filme é a crise do casamento, de apenas dois anos, de Carrie Bradshaw (Sarah Jessica Parker) e Mr. Big (Chris Noth). Depois de passar anos escrevendo sobre a vida de solteira e seus benefícios, Carrie agora tenta tirar o marido do sofá e da televisão, para tentar reviver o glamour de sua antiga vida. A verdade é que com apenas tão pouco tempo de casados, a rotina estava vencendo o casal. Desesperada, Carrie aceita a proposta de Big, de passarem 2 dias da semana longe um do outro, cada um em um apartamento, assim, quando se encontrassem, reacenderiam a chama do amor novamente. Obviamente que a princípio Carrie não concorda, mas acaba aceitando a situação.

Com a crise americana, o cenário do filme teve que ser diferente. Não dava para ostentar em um país em crise econômica e como disse Samantha (Kim Cattrall), elas precisavam ir a um país rico: Abu Dhabi. Para falar a verdade, nem sabia que esse país existia. Enfim, se em Nova York o figuro já era pra lá de exagerado, em Abu Dhabi as coisas só pioram. Samantha ganha a passagem e hospedagem de graça e leva as três amigas com ela. Claro que a minha personagem preferida foi a responsável pelas partes mais cômicas do filme, principalmente porque sua sexualidade exacerbada não combinava em nada com um país recatado. Conclusão: Samantha comete gafes e mais gafes hilárias durante todo o filme. E apesar de continuar protagonizando as cenas mais “calientes”, Samantha dessa vez não teve tantas cenas ousadas.


Charlotte (Kristin Davis), agora com duas filhas, sofre com o estresse de ser mãe e com a insegurança de ter uma babá muito jovem em casa. Miranda (Cynthia Nixon) enfrenta problemas no trabalho, já que o chefe nunca a deixa falar. A cena em que Charlotte e Miranda estão no bar do hotel revelando seus segredos como mães foi digna de uma cena da série, com humor e drama ao mesmo tempo.

Também gostaria de destacar as referências ao mundo pop que apareceram no filme, tais como: como Madonna, Beyoncé (sendo cantada por Lisa Minelli, numa apresentação de babar) e Cindy Lauper. Além disso, gostei da decisão da Carrie de não ter filhos, porque realmente não entendo porque as pessoas sempre querem que as outras tenham filhos! Apesar disso, se existir Sex and City 3, provavelmente vai girar em torno desse assunto.

Apesar dos exageros, qualquer fã consegue matar a saudade da série e quem nunca a acompanhou, poderá curtir uma leve comédia romântica, com pitadas de humor e drama. Duração: 140 minutos.



Michele Lima

Blogueira, tradutora, revisora, redatora, professora e pau pra toda obra. contato: michele_silvalima
@yahoo.com.br

Próximo
« Prev Post
Anterior
Next Post »
Comentários
3 Comentários
3 comentar
avatar

Eu vi toda a série e adorava, mas não gostei do segundo filme, concordo com vc, faltou alguma coisa. Eu achei que as meninas já estão mais velhas e ainda querem ser sexy´s de uma maneira que a maturidade já não suporta, porque à medida que amadurecemos nós começamos a ver as coisas bem diferentes mesmo. bjs

Responder
avatar

Oi Mamis, pois é esperava algo mais consistente, mas dei algumas risadas.....

Responder
avatar

Adorei o segundo filme, deu pra rir do começo ao fim, mas acho que as tentativas de colocar a moda até não poder mais, deixaram algumas cenas um tanto exageradas e mesmo forçadas.

Outra coisa que também estranhei, e que vc chamou atenção, foi a questão da maternidade. Durante uma das cenas, somos levados a pensar que essa será uma das questões tratadas no filme (a escolha de não ter filhos no casamento), no entanto, o tema é completamente deixado de lado.

Apesar desses "poréns", o saldo do filme é muito positivo, vale a pena conferir.

Responder