Noite em Casa - Os mercenários


Antes tarde do que nuca! É isso que sempre digo aos meus alunos quando eles chegam atrasados e o post de hoje está bem atrasado, uma vez que já faz tempo que prometi assistir a esse filme.

“Os mercenários” (The Expendables, 2010) é um filme que possui um enredo muito simples, como quase todos os filmes de ação. Um grupo de mercenários liderados por Barney Ross (Stallone) é contratado pelo Sr. Church (Bruce Willis) para viajar até uma ilha latina (Rio de Janeiro) e assassinar o ditador local (David Zayas). Lá eles conhecem a mocinha rebelde Sandra (Giselle Itié), mas são descobertos. Depois de muita luta e sangue eles conseguem escapar, mas Sandra prefere ficar e lutar, despertando em Barney um sentimento de redenção, dando um novo sentido em sua vida, por isso ele resolve voltar para ajudá-la e é neste momento que o sangue rola solto mesmo!

Não sei o que exatamente a crítica falou sobre Gisele, mas achei que atriz ficou bem no papel de mocinha revoltada, só que a história do bandido mocinho do Stallone não cola e o grupo de mercenários fica forçado por causa disso, particularmente esperava encontrar um grupo de assassinos bem mais malvados!


No entanto, o mais legal do filme, além de ver muita ação e cenas de lutas, é rever os velhos astros dos anos 80, como Dolph Lundgren, Mickey Rourke, Eric Roberts, Jet Li e Bruce Willis. Dolph Lundgren continua sendo o eterno vilão e Stallone o mocinho bandido, só que agora com um novo companheiro de porrada: Jason Statham (de “Carga explosiva”). Arnold Schwarzenegger também aparece no filme, mas sua participação é tão pequena que não acrescenta nada!

De qualquer forma, apesar dos clichês, o filme nos lembra os clássicos dos anos 80 com muita pancadaria, diálogos superficiais e muitas cenas de ação forçadas, mas por isso mesmo engraçadas. Se você é fã dos filmes do Stallone como eu era vale a pena conferir para tentar matar a saudade, mas não espere muita coisa do filme. Duração: 104 minutos

     

Michele Lima


Blogueira, tradutora, revisora, redatora, professora e pau pra toda obra. contato: michele_silvalima
@yahoo.com.br

Próximo
« Prev Post
Anterior
Next Post »
Comentários
4 Comentários
4 comentar
avatar

Oi Mi,
Eu tenho lá as minhas dúvidas e receios que me impedem de assistir esse filme. Eu nunca tive nada contra o Stallone mas suas "delicadas declarações" sobre o Brasil me convenceram de que ele é só mais um cidadão americano que acredita ser superior. Às vezes a gente se engana, outras a suspeita se confirma! Isabela Boscov, crítica de cinema da revista veja, acabou reforçando meus sentimentos em relação ao filme. Já viu? Se não, da uma olhada e me diz se concorda com ela ou não! Beijos

http://www.youtube.com/watch?v=riURApUfgnM

Responder
avatar

Adoro o Jason Statham!!
Pode deixar que verei esse filme no Domingo Maior daqui a alguns anos, kkk

Responder
avatar

Oi Natália! Olha concordo em partes, quando eu li o que o Stallone havia dito fiquei com muita raiva, mas depois conversando com amigos cheguei a conclusão de que tudo que falam do nosso país é culpa nossa. A gente é que passa essa imagem! Enfim, resolvi assitir ao filme de qualquer maneira!

Giovi, com toda certeza é um filme de domingo à noite!

Bjs

Responder
avatar

Thank yоu for the auspіcious wгіteup.
It if truth be tolԁ used to be а enjoyment
account it. Glance comρlicateԁ tο far delivered agrеeable from you!
However, how cаn we be in contact?

Herе is my webpage :: click through the next post

Responder