Os últimos lançamentos pop

Segue abaixo o texto de Marcela Ferreira sobre os clipes de Lady Gaga – "Born this way", Jennifer Lopez – "On the floor," e Britney Spears – "Hold it against me":

Nunca fui muito ligada no mundo da música pop, nos novos cantores e tendências, nas novas tecnologias e artes video-clipticas (exceto minha fase de adolescente de BSB e Spice Girls). Mas, por causa da minha profissão, acabei sendo “forçada” a estar a par de todas as modinhas. Então agora eu ouço a música da modinha, vejo o clipe da modinha e às vezes, confesso, até gosto.

Nesse último mês foram lançados os clipes de 3 grandes cantoras pop: Lady Gaga – “Born this way”, Jennifer Lopez – “On the floor”, e Britney Spears – “Hold it against me”. As três músicas são bastante diferentes, mas parece que agora existe um modelo de vídeo clipe que todas devem seguir e, ao mesmo tempo, superar.

Lady Gaga, sempre surpreende. Depois de ter entrado no red carpet do Grammy dentro de um ovo, da polêmica do clipe “Alejandro” (onde a cantora engole um rosário) já se sabe que qualquer coisa é possível. Assim como “Telephone”, o novo clipe começa com uma histórinha, com imagens extremamente bizarras e que, mais do que chocar, causam um sentimento de nojo, aversão. A música em si não é ruim, a coreografia também está boa. Achei essa combinação diferente dos trabalhos anteriores da cantora (a música é bem dançante), e gostei bastante do clipe, tirando a introdução de 2'30''. Minha cena favorita é ela vestida de caveira e de terno, só ela e o modelo. Mas no fim, gostando ou não, todo mundo pensa “Ok, ela é a Lady Gaga, ela pode.”

Estão falando que essa música nova da Lady Gaga é igual a “Express Yourself”, da Madonna. Ouvi as duas, tenho minha opinião sobre isso também, mas acho que isso renderia um novo post, já que ela não é a única que andou “copiando” músicas alheias, existem vários bons exemplos por aí.

         

Já com a princesinha (destronada) do pop, Britney Spears, não acontece o mesmo. Depois de milhares de escândalos, polêmicas e bafafas ela precisa voltar e, mais que isso, precisa estar pau-a-pau com Lady Gaga. Aliás, esse parece ser um problema de todas as cantoras pop de hoje: existe uma ideia de que o vídeoclipe tem que ser super produzido porque o da Lady Gaga é super produzido, caso contrário ninguém consegue ter sucesso. E isso está muito evidente no clipe de “Hold it against me”, que não tem nada a ver com a música. As roupas estranhas (e de mau gosto), as unhas com jatos de tinta, a paradinha na música pra rolar a lutinha das duas Britneys (que se sabe lá da onde saíram e por quê), é tudo um pouco demais, um pouco “Lady Gaga” demais (apesar de que acho quem nem ela teria tanto mau gosto assim). E o que são todas aquelas propagandas? Tá tão difícil assim ela conseguir uma graninha? Ah, ouvi dizer que ela precisou usar duble de corpo para o vídeo, mas aí já não sei se é verdade ou não. Acho que todo mundo, menos a Britney, já se tocou que o tempo dela já se foi...

         


Agora é a vez de J-Lo (uma das piores atrizes que já vi na minha vida!) e sua lambada! Isso mesmo: lambada, aquela famosa “chorando se foi quem um dia só me fez chorar”. A música é ótima pra dançar “on the floor” naquela balada super cara da Vila Olímpia, e tem tudo a ver com o clipe. Parabéns! Mas o que é aquele macacão brilhante? Não sei se ela queria passar uma imagem de “olhem para mim, ainda posso ser a latina sexy”, e se era isso, não funcionou muito não... E não vejo mais aquela cantora R&B de sucesso do final dos anos 90. Ela é outra que já deu o que tinha que dar, inclusive na telona.

         


Marcela Ferreira

Blogueira, tradutora, revisora, redatora, professora e pau pra toda obra. contato: michele_silvalima
@yahoo.com.br

Próximo
« Prev Post
Anterior
Next Post »
Comentários
9 Comentários
9 comentar
avatar

Bom, pra mim o clipe da Lady Gaga surpreende apenas na introdução, o resto é muito Gaga e não me surpreende, mas eu gostei bastante do clipe.

Quanto a Britney sinto em discordar. Acho que ela deu a volta por cima, embora de fato não seja mais a mesma. O clipe, assim como o de Lady Gaga é muito "Gaga" o da Britney é muito "Britney", e gostei bastante, embora concorde que a cena de duas "Britneys" lutando seja desnecessária e bastante comum em outros clipes.

Agora a J-Lo, quase morri na frente do computador quando escutei a kaoma no "chorando se foi"! #morrimorrida!!! Que é isso J-lo, ritmo de lambada em pleo século 21?! Mas, assim como os outros eu tb gostei do clipe, é bastante dançante, simples e objetivo!Sem muitas frescuras!

Adorei o seu post Má!!! Escreva mais!

Responder
avatar

Sinceramente, vc é má!!! kkkkkkkk Pobres musas!!! Não resistem a uma opinião sobria!!! kkk O pop pra mim é como BBB não consigo consumir, mas adoro ouvir o que as pessoas falam a respeito!!!

Responder
avatar

Pandora!!! Eu amo o pop e adoro o BBB! rsrsrsrs acho que gosto de coisas populares.....rs

Bjo

Responder
avatar

Que legal a participação da Marcela aqui no blog!! Muito bom o seu texto, Má!!
Gosto da Lady Gaga e, reiterando o que disse há umas semanas, quero vê-la fazendo um clipe "chocante" em menos de 5 minutos. A parte em que ela dança de terno com um carinha (ambos com rostos de caveira) me lembrou Vogue. O que vc acha disso, Vini?
Essa tal de Britney não existe no meu conhecimento enciclopédico-musical. Infelizmente, não tenho nada a dizer sobre a crítica da Marcela, porque, se eu passar o clipe no meu computador, é capaz de dar pau...
J-Lo prefiro nem ver. Kaoma é insuperável.

Responder
avatar

Eu gosto da Lady Gaga tb, mas esse video ae, o começo dele é horrível! Eu curti pra caramba essa música nova. E falar de Lady Gaga e Madonna é uma coisa que reeeeende. Assiti vários clipes da Madonna essa semana e percebi várias coisas que nos clipes da Lady Gaga estão iguais. Vi tb clipes da Gwen Stefani e, mais uma vez, um monte de coisas iguais aos da LG.
Gi! Ouça a música da J-Lo! Vc vai ADORAR! hahaha
e Pandora, eu não sou má não! Só gosto de falar mal de tudo e de todos! hahaha

Responder
avatar

Senta lá Cláudia!

Meu computador e minha alma sangraram com esse texto da Marcela. Ele merece um antídoto... me aguarde.

Responder
avatar

Acho que eu sou a única pessoa na face da terra que não gosta da Gaga, não acho nada inovador o que ela faz, o que me irrita no novo pop é que as música enjoam fácil demais. Mas o mais engraçado é que eu consigo ouvir todo o repertório musical pop dos anos 80 com muito entusiasmo. Madonna, Prince, Cindy Lauper ainda consigo ouvir e gostar muito, não quero ser antiquada, mas não consumo isso.
Ainda gosto do som da Motown, anos 60 e 80 e de novo só bandas alternativas. Não quero parecer um cult metida, pois até que me acho popular,com algumas ressalvas.
PS: Ms seu texto é bem legal! Parabéns

Responder
avatar

Estou com medo do Vinícius!rsrsrs

Responder
avatar

Marcela vc acabou escrevendo exatamente o que eu ia escrever! Medoooo do Vinicius!! rsrsrsrs

Responder