Noite em casa - Banquete do amor


Não dou muito valor a filmes cheios de estrelas de Hollywood e com muitos personagens, mas “Banquete do Amor” ("Feast of Love", 2007) é um pouco diferente, pois apesar de várias tramas, todas elas são muito bem contadas. O filme apresenta vários personagens, cada um com uma história e diferentes tipos de amor.

Harry Stevenson (Morgan Freeman) é um professor universitário, casado e que sente todos os dias a ausência do filho falecido. Harry é o personagem principal do filme, o narrador e é também aquele que consegue ver muito mais do que os outros, pois consegue enxergar até mesmo o que ninguém vê. Bradley (Greg Kinnear) é dono de um café e é casado com Kathryn (Selma Blair) e logo nas primeiras cenas assistimos a moça se apaixonar por outra mulher, Jenny (Stana Katic). Bradley é aquele marido apaixonado e que não enxerga um palmo diante do nariz e só encontra mulheres erradas na sua vida. Com ele trabalha Oscar (Toby Hemingway­), um jovem que se apaixona à primeira vista por Chloe (Alexa Davalos), uma garota bem descolada que aparece do nada procurando emprego.

Apesar das histórias de amor passadas ao mesmo tempo, a mais bonita sem dúvida é aquela que é menos contada, a história de Harry e sua esposa Esther (Jane Alexander), uma pena o filme não focar mais nesses dois.

Com direção de Robert Benton, “Banquete do amor” é uma narração de acontecimentos cotidianos, de histórias que já ouvimos falar várias vezes, mas que sempre é muito interesse ouvir de novo. Com um elenco de peso, o filme é bastante despretensioso, mas envolve o telespectador com suas histórias, algumas até um tanto surpreendentes, bonitas e tristes. Altamente recomendado para quem gosta de dramas leves com histórias bem reais. Duração: 101 minutos

            


Michele Lima


Blogueira, tradutora, revisora, redatora, professora e pau pra toda obra. contato: michele_silvalima
@yahoo.com.br

Próximo
« Prev Post
Anterior
Next Post »
Comentários
2 Comentários
2 comentar