Noite em Casa - Rio



Blu (Jesse Eisenberg) é uma arara que vivia no Brasil quando criança, mas que foi preso por contrabandistas. No meu do caminho seu caixote cai e Blu é encontrado por uma menininha que o acolhe. O tempo passa e Linda (Leslie Mann) e Blu crescem. Blu agora é uma arara domesticada, tão domesticada que não sabe voar, mas come biscoitos e toma café!

Um dia o doutor Túlio (Rodrigo Santoro), que mais parece o Luciano Hulk por conta de seu nariz, aparece em sua livraria dizendo que Blu é uma arara em extinção e que deveria procriar a espécie. Depois de pensar Linda parte para o Rio para fazer com que Blu procrie. No entanto, a arara em questão, Jade (Anne Hathaway), é bem selvagem e não quer saber de Blu. Porém, ambos acabam sendo seqüestrados do laboratório! Claro que quem os rouba é uma criança negra vestida com a camisa 10 do Brasil e os contrabandistas moram na favela! A partir de então as duas araras acorrentadas parte em uma grande e divertida aventura, com direito a muito samba e muitas aves.

O filme mostra bem o choque cultural, uma vez que Linda é uma americana e o Túlio é brasileiro, por exemplo, quando ela vê uma mulher seminua sambando e acha que a mulher é uma dançarina profissional, quando na verdade a mulher é só a dentista de Túlio. Também podemos perceber claramente a idéia de que o país é só Carnaval e futebol. Entretanto, apesar dos clichês brasileiros, a animação de Carlos Saldanha é boa!

Destaque para os macaquinhos, pois em “Rio”, no Rio de Janeiro, até os macacos roubam! Mas na verdade eles são ótimos, muito engraçados! Destaque também para Nigel, uma ave que até eu teria muito medo.

Com uma trilha sonora que vai do samba a Lione Richie, “Rio” é uma excelente animação, as imagens do Cristo e da natureza são perfeitas! Divertido e com diálogos inteligentes, quem ainda não viu deve ver! Duração: 96 minutos

           

Michele Lima

Blogueira, tradutora, revisora, redatora, professora e pau pra toda obra. contato: michele_silvalima
@yahoo.com.br

Próximo
« Prev Post
Anterior
Next Post »
Comentários
0 Comentários
0 comentar