Clássicos da TV Brasileira – As patricinhas de Beverly Hills




Cher (Alicia Silverstone), uma adolescente de 15 anos, é filha de um advogado super conceituado e por isso, além de rica, ela é muito popular. Cher passa boa parte de seu tempo seu tempo fazendo compras com Dionne (Stacey Dash) no shopping, namorando e falando ao telefone, ou seja, Cher é uma pessoa extremamente fútil! Por causa de seus problemas com notas nas aulas de debate, a garota resolve se envolver num projeto para unir um casal de professores, até que aparece Tai (Brittany Murphy), uma nova estudante. Cher, que se sente a salvadora dos fracos e oprimidos, tenta ajudá-la a se tornar popular e assim, acabam se tornam melhores amigas. Além de Tai, temos a chegada do enteado do pai de Cher, Josh (Paul Rudd), que é o seu oposto e tenta alertá-la para o mundo real. Cher acaba se apaixonado por Josh e se envolvendo em confusões por causa de Tai, que não é nada confiável.


Além de ter um bom elenco, o filme também tem uma boa trilha sonora, contando, inclusive, com a música “Fake Plastic Trees” da banda Radiohead. O enredo é simples e os personagens são super estereotipados e exagerados, sem contar a escola em que eles estudam! No entanto, “As patricinhas de Beverly Hills” é um clássico adolescente e também um clássico da Sessão da Tarde! Lembro de tê-lo assistido inúmeras vezes na Globo!

Michele Lima

Blogueira, tradutora, revisora, redatora, professora e pau pra toda obra. contato: michele_silvalima
@yahoo.com.br

Próximo
« Prev Post
Anterior
Next Post »
Comentários
2 Comentários
2 comentar
avatar

Até hoje amo esse filme, outro dia estava lendo Jane Austen, A abadia de northanger, e me lembrando dele rsrs... Enfim, é simple, mas é doce e as vezes tudo que a gente quer é um bom pedaço de doce!!!

Responder
avatar

Disse tudo Pandora! Detalhe que no momento estou comendo doce de leite!! kkkkkkk Enfim, acho tão fofo o romance da Cher e do Josh.....

Responder