Noite em Casa - A invenção de Hugo Cabret



Indicado ao Oscar de Melhor Filme em 2012,“A invenção de Hugo Cabret” é um dos raros filmes que queria ter visto em 3D, por conta de ter uma imagem impressionante, do tipo que nos encanta por sua fotografia e efeitos visuais.

Hugo (Asa Butterfield) vive sozinho na estação de trem de Paris, Gare du Nord, depois da morte de seu pai (Jude Law), arrumando os relógios e observando as pessoas na estação. Hugo, assim como o pai, sabe mexer com qualquer tipo de engrenagens pequenas e possui um misterioso autômato, que tenta remontar com peças roubadas de uma loja de brinquedos na estação. Porém, um dia, o velho dono da loja, Georges Méliès (Ben Kingsley), o descobre e resolve ficar com o caderninho de anotações de Hugo, que fica desesperado. Assim, para conseguir seu precioso caderno de volta, Hugo passa a trabalhar com Méliès, aperfeiçoando ainda mais seu talento. No entanto, o jovem garoto descobre que Méliès tem tudo a ver com o seu autômato e que guarda um segredo incrível.



Além de nos mostrar a história do protagonista, “A Invenção de Hugo Cabret” trabalha com a metalinguagem, nos ensinando também sobre o cinema e como Méliès o revolucionou. Os irmãos Lumière, criadores do cinematógrafo, não usavam sua própria invenção como hoje é visto o cinema, eles simplesmente filmavam a realidade dos fatos e não achavam que o cinematógrafo poderia ser útil para o entretenimento. No entanto, Méliès mudou completamente seu uso, sendo o verdadeiro pai do cinema com seus truques de montagem e encenação, produzindo mais de 500 filmes.

“A invenção de Hugo Cabret” é do diretor Martin Scorsese e confesso que “Os infiltrados” era o meu filme preferido dele! Entretanto, a história de Hugo me envolveu por apresentar um personagem extremamente cativante, ingênuo e observador e por assim ser, o filme nos agrada tanto no enredo como visualmente, pois nos leva a uma viagem visual fantástica em um mundo poético que só o cinema pode nos proporcionar! Duração: 126 minutos.

Michele Lima

Blogueira, tradutora, revisora, redatora, professora e pau pra toda obra. contato: michele_silvalima
@yahoo.com.br

Próximo
« Prev Post
Anterior
Next Post »
Comentários
7 Comentários
7 comentar
avatar

Eis um filme que me deixou curiosa desde que vi o trailer no cinema, mas acabei não indo assistir. Fiquei curiosa e receosa, sabe-se lá porquê.
Mas me diga, é baseado em fatos reais? Tu fala aí em Méliès e fiquei confusa. =P

Responder
avatar

Ana, parte do filme é baseado em fatos reais sim, no que se refere a vida do Méliès.

Responder
avatar

Taí um filme que eu queria ter visto no cinema.sem 3d pq sou miope pacas pra ver em 3d e nao ter dor de cabeça.

Responder
avatar

Eu tb sou miope Aleska e detesto 3D, mas acho que essa até vale a pena!!!

Responder
avatar

Quero assistir esse filme, acabei esquecendo dele, não tem perdão.

Responder
avatar

Opa, mas uma para o time do "Eu queria ter visto em 3D" rsrs... Esse filme promete ser lindooo... E eu ainda não assisti, mas espero vê-lo em breve!!!

Cheros Mi!!

Responder
avatar

Elda e Jaci, eu acho que vcs vão adorar esse filme!!!

Responder