Noite em Casa - Um dia




Minha irmã comprou o Best Seller “One Day” do David Nicholls mas eu ainda não li, então tive oportunidade e assisti ao filme antes de ler o livro. Se eu tivesse lido teria mais embasamento, mas comparar a história do livro com o filme todo mundo faz, principalmente quando dizem que o livro é excelente. O filme “Um dia” (One Day,2011) foi dirigido por Lone Scherfig de “Educação”(2009).

Em 15 de julho de 1988 dia de São Swithin, inicia-se a amizade de Emma (Hathaway) e Dexter (Sturgess), eles ficam juntos nesse mesmo dia, no entanto os dois tornam-se apenas bons amigos, mas percebemos uma tensão entre o casal desde o início. Emma é uma garota desengonçada que não sabe lidar muito bem com romances, adora escrever poemas, usa óculos enormes e tem ótimo senso de humor, enquanto Dexter faz o estilo conquistador, fica com várias garotas e seu grande sonho é ser famoso. Mas o que também fica marcado para os dois é o dia de São Swithin, pois essa data vira uma tradição e tudo que acontece entre eles se repete nesse dia de fato. 



Durante os anos que se passam vemos que Emma não realiza seus sonhos, torna-se garçonete enquanto não arranja nenhum namorado, ao contrário de Dexter que viaja muito, vive várias aventuras amorosas, tornando-se um apresentador famoso como sempre sonhou e se transformando numa figura muito arrogante. Enquanto isso, os dois tornam-se grandes confidentes e apesar de tudo, Dexter se mostra um bom amigo pra Emma, incentivando-a o tempo todo, afinal ela se sente frustrada. A vida continua e depois de um tempo Emma resolve morar junto com um comediante fracassado que ela conheceu no restaurante em que trabalha e com o passar dos anos Dexter perde toda a fama que conquistou, nunca vive sóbrio e ninguém o suporta, é nesse período que Emma rompe seu relacionamento amoroso e a amizade com Dexter depois de uma discussão. Destaque pra frase de Emma: “Eu te amo Dexter, mas não gosto mais de você.”

O casal só vai se reencontrar anos depois no casamento de uma amiga em comum, depois disso, ele resolve conversar com ela e informar que será pai e que por isso terá que se casar. Dexter se casa, tenta ser feliz mas não consegue, Emma lança um livro bem sucedido, mas também não vive nenhum grande romance. Dexter se divorcia e ele e Emma se decidem reencontram novamente, é quando ela resolve apresentar seu novo namorado francês para ele, que fica furioso e resolve não conhecê-lo. Emma pensa e percebe que precisa ir atrás de seu grande amor, Dexter. Os dois finalmente se entendem e resolvem investir no relacionamento, é perfeito...Mas será que termina assim? Afinal o romance do casal não é baseado em clichês.

Eu confesso que torci pelos dois desde o início e chorei mesmo não sendo muito romântica, e ainda fiquei pensando: será que o romance não deveria ter iniciado antes? No entanto, Dexter era tão imaturo e provavelmente não estaria pronto. Agora tenho mais um incentivo pra ler o livro, tentar entender melhor a história e chorar mais um pouco. Duração: 108 minutos

Elda Rodrigues

Blogueira, tradutora, revisora, redatora, professora e pau pra toda obra. contato: michele_silvalima
@yahoo.com.br

Próximo
« Prev Post
Anterior
Next Post »
Comentários
5 Comentários
5 comentar
avatar

Puxa Eldinha, fiquei com tanta curiosidade em saber o final que tive que pesquisar no filmow!!! Quando eu for assistir comprarei um caixa de lenços!!! rsrsrsrs

Responder
avatar

Eu sabia que vc faria isso rsrs, era só me perguntar dona Mi. Eu chorei horrores, não aceitei o final...

Responder
avatar

Eu perderia um pouco da vontade de ler se tivesse visto o filme primeiro. Sabe que essa história me lembrou Persuasão e o filme A casa do lago? porque o romance é adiado por anos, um porque aconselharam negativamente a mocinha e o outro porque o casal estava em tempos diferentes da sua vida, literalmente.

Responder
avatar

As vezes quando estou cheia de problemas e me sentindo uma perfeita inútil gosto de pegar algo para ver e chorar, vou colocar esse filme nessa lista!!!

Responder