Minha nova vida de casada!


Logo depois do meu casamento minha mãe viajou para cuidar do meu avô que está muito doente e eu fiquei na casa dela, ao menos até ela voltar, com o maridão que cozinha super bem e ainda sabe acender fogueira de São João! O problema é que ele trabalha à noite eu não posso (ou posso?) pedir para ele cozinhar pra mim todos os dias, então, resolvi me aventurar um pouco na cozinha! Mas calma, quando eu disse pouco é porque é pouco mesmo.

Sempre tive orgulho dos meus não dotes culinários! Acho um absurdo quando as pessoas ficam indignadas ao saberem que mal sei fritar um ovo e nem ligam quando eu digo que meu irmão também não! Sociedade machista é um saco, ele pode não saber fazer nada, já eu tenho a obrigação de saber? Qual é? Eu também tenho o direito de não querer saber! No entanto, a verdade é que quando pequena eu até queria aprender, mas era só chegar na cozinha que minha mãe me mandava voltar para o quarto estudar e a nerd claro que obedecia! Por isso, cresci sem saber fazer nada no quesito doméstico! Entretanto, na primeira semana de casada eu fiz arroz pela primeira vez na vida, aos 28 anos, com muito orgulho! Como eu ganhei de casamento uma panela elétrica, o arroz ficou ÓTIMO, só não ficou perfeito porque eu esqueci o sal! Oras, eu esqueci, acontece! Agora eu não esqueço mais!

Além do arroz eu aprendi fazer macarrão, super fácil, com molho e tudo, nem virou papa! O problema mesmo foi com o Mixer que ganhei. A besta toda animada para fazer iogurte com leite, abriu o Mixer e na hora de usar foi um desastre. Eu não o coloquei bem no fundo do copo e foi leite por toda cozinha! Se minha mãe tivesse por aqui teria me matado pela sujeira que fiz, mas como dessa vez fui eu mesma que limpei, resolvi não reclamar comigo mesma! Falando em desastres, outro desastre aconteceu recentemente, a moça que está limpando a casa foi lavar roupa e assim como eu, ela não sabia que a mangueira da máquina de lavar está direcionada para o próprio tanque, ou seja, a água suja escorre para o tanque que ela deixou fechado! Acordei com barulho de água e quando cheguei na área de serviço não sabia se ligava para os bombeiros ou para minha mãe! Resolvi ligar para a minha mãe que deu uma bela gargalhada e disse que era só destampar o tanque e puxar a água do chão! Só isso? Quer dizer, a área de serviço parecia uma piscina!

Enfim, a vida de casada está ótima, o que não está legal mesmo é a vida de doméstica, mas acho melhor eu ir me acostumando, mesmo porque essa semana o maridinho já fez suas comidas deliciosas!


Michele Lima

Blogueira, tradutora, revisora, redatora, professora e pau pra toda obra. contato: michele_silvalima
@yahoo.com.br

Próximo
« Prev Post
Anterior
Next Post »
Comentários
9 Comentários
9 comentar
avatar

Michele, passeando cheguei aqui e ri.
Fui casada por 30 anos (sou viúva) e continuo péssima na cozinha, se pudesse nem queria saber a onde fica na casa, quanto as outras artes domésticas as prático de mal a pior.
Sei que isso é péssimo para quem é mãe e avó, mas fazer o quê?
abs
Jussara

Responder
avatar

Eu ri kkkkkkk Sei não viu... Esse tipo de coisa eu fiz aos 12 anos quando minha Bisavó adoeceu e mainha passou a viver mais na casa de Mãe que aqui em casa. Mas creia, a gente sobrevive, cozinhar o básico não é difícil e vc realmente não é obrigada a ser a rainha da cozinha.

E sim, adoro quando vc detona na crônica Mi!!! Ah, e olha quem tá por aqui, a Jussara s2

Responder
avatar

Jussara agora vc virou meu ponto de referência para minha vida! Mâe e avó sem dotes domésticos? Isso quer dizer que um dia eu tb posso ser assim! #adorei kkkkkkkkkk

Responder
avatar

Isso mesmo Jaci, só preciso ser rainha do meu marido! rsrsrsrsrs

Responder
avatar

Ah, que lindo! Mal posso esperar para estar devidamente casada e passar por estes apuros! E passarei: também não sei cozinhar nada, mas morro de vontade de aprender. Quem sabe agora nas férias dê um tempinho. Enfim, vivendo e aprendendo!

Beijo!

Responder
avatar

Malu, espero que vc tenha mais sorte do que, eu sempre diz que nas férias tentaria aprender a coxinhar e nunca tentei! rsrsrsrs

Responder
avatar

Eu não acho que é obrigação saber lidar bem na cozinha,no entanto querendo ou não um dia isso poderá acontecer, mas o que eu adoro mesmo é fazer a comida e ver que todos estão satisfeitos com o que eu preparei e me sinto muito independente em saber cozinhar, bem mulherzinha mesmo rsrs. O ruim mesmo é a limpeza do lar, acho chato se pudesse contrataria alguém ( isso acontecerá em breve) pra lavar, limpar e passar, mas a comida pode deixar comigo.Detalhe: eu não sou casada né?

Responder
avatar

Eldinha, eu acho que não me sentiria independente cozinho, me sentiria bem mulherzinha (como vc citou) e isso me faz sentir como se estivesse na década de 20! #credo Enfim, o importante é a gente fazer o que gosta, né? Eu com meu computador e o marido com o fogão! rsrsrsrsrs

Responder
avatar

Tá certa, temos fazer o que gostamos, eu realmente gosto de cozinhar rsrs.

Responder