Noite fora de casa - O Homem de Ferro 3


Eu confesso que não tinha muita vontade de assistir a franquia do “Homem de Ferro”, até ver “Os Vingadores”, já que no filme Tony Stark me pareceu ser sensacional! Depois disso fui ver o Homem de Ferro 1 e 2 e não me decepcionei, claro que antes de virar o Homem de Ferro, Tony Stark era um escroto, arrogante e prepotente, prepotência esta que 13 anos depois volta pra acabar sua aparentemente tranquila vida. Digo aparentemente porque depois do que acontece em “Os Vingadores”, Tony Stark não é mais o mesmo.

Um coisa bastante interessante nesse filme foi ver a evidente fraqueza de Stark, que ao contrário de muitos heróis (mas não todos) é um homem sem super poderes. O que seria de Tony Stark sem sua armadura de ferro? E é nisso que o protagonista pensa o tempo todo e seus ataques de ansiedade só demonstram o quanto Stark tem medo de fracassar e não conseguir proteger as pessoas que ama. Entretanto, Stark pode muito bem viver sem sua armadura, porque afinal seu poder está na sua brilhante mente, apesar de que não dá para saber o que será da franquia depois que acaba o “Homem de Ferro 3”, num modo bem parecido ao “Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge”.


Stark não consegue dormir e quando dorme se sente vulnerável, pra ocupar a mente faz inúmeras armaduras de ferro, mas nada impede do terrorista Mandarim derrubar sua casa, mandando-a para o fundo do mar. No entanto, o grande inimigo de Stark aparece 13 anos antes, mostrando a ele que muitas vezes o passado não pode ser enterrado.

Outro aspecto positivo do filme, além de humanizar o Homem de Ferro, foi a participação um pouco maior de Pepper, mostrando que ela também pode ser uma heroína, ainda que em menor escala. Fiquei feliz em vê-la mais em evidência, fiquei com medo dela desaparecer de cena, já que nos quadrinhos ela não é exatamente a namorada do Stark. O bom das adaptações é que apesar de poder estragar o original, também pode melhorá-los em muitos aspectos.

Quem assistiu aos dois primeiros filmes da franquia não vai se decepcionar com o “Homem de Ferro 3”, que continua engraçado, engenhoso e com muita ação, mas ficará com dúvidas sobre uma possível continuação.

Michele Lima

Blogueira, tradutora, revisora, redatora, professora e pau pra toda obra. contato: michele_silvalima
@yahoo.com.br

Próximo
« Prev Post
Anterior
Next Post »
Comentários
4 Comentários
4 comentar
avatar

Eu estou doida pra ver este filme, mas vai acabar sendo como os outros, sai o download e eu vejo no pc mesmo, toda semana eu digo que vou ao cinema e no domingo eu vou pra cama e passo o dia lá. Eu adoro o Robert, eu o acho admirável, acompanho a carreira dele e foi incrível ver como ele conseguir se reerguer mesmo depois de passar um bom tempo dominado pelas drogas e se tratando sem fazer um filminho. Parece que ele e Tony têm algumas coisas mais em comum, a vulnerabilidade, mas o que mais gosto no personagem é sua sinceridade, seu cinismo, a ironia, perfeito e de aço só quando veste a armadura. bjs

Responder
avatar

Eu tb adoro o Robert e a história de vida dele Mamis, esses dias eu li uma critica que dizia que ele levou o Stark tão a sério que quase como se o personagem tivesse virado o ator!

quando conseguir assista pq dos tr~es filmes da franquia eu achei esse último o melhor!

bjs

Responder
avatar

Eu estou no clube da Mamys, louca para ver esse filme!!! Já vi algumas resenhas e sei que vou amar, como amei todos os filmes que vi dessa leva de heróis. \o/ Adorei a resenha Mi!!!

Responder
avatar

Jaci vc como fã vai adorar, como eu disse eu realmente acho que foi o melhor filme da franquia!!!

Responder