Deadpool


Apesar das minhas enormes ressalvas com X-men, dificilmente resisto a um filme de heróis, quanto mais Deadpool que teve um marketing excessivo sobre o filme! E se Chris Evan foi o Tocha Humana e depois o Capitão América por que o Lanterna Verde (Ryan Reynolds) não pode ser também o Deadpool, né? Afinal, parece que está faltando atores em Hollywood!

Wade Wilson é uma espécie de justiceiro, embora já tenha ido a guerra e se recusa a ser considerado um herói. De fato não dá pra vê-lo como herói, como diz a legenda do começo do filme, Deadpool mais parece um adolescente instável ou como o Colosso (Stefan Kapicic) mesmo fala, uma criança com munição, mas herói, não, não mesmo. Wade descobre que tem câncer terminal em um do melhores momentos de sua vida, quando pede a namorada Vanessa (Morena Baccarin) em casamento. Já conformado com a morte, aparece um agente dizendo que pode curá-lo e num momento de desespero Wade acredita. Assim, vemos a transformação do personagem em Deadpool, passando por momentos terríveis de tortura intensa para poder ativar o seu gene mutante. Ajax (Ed Skrein) é chefe do laboratório que faz experiências e Wade consegue provocá-lo a ponto de vermos o Doutor sendo sádico ao máximo, causando ao protagonista a pior experiência de sua vida, que ativa o seu gene mutante, dando-lhe poderes de regeneração, mas ao mesmo tempo transformando por completo a sua pele.


A partir disso, Deadpool busca se vingar de Ajax. Vale destacar que a narrativa do filme não é cronológica e o longa já começa com Wade em determinado momento de sua vingança e que vai aos poucos nos contado a sua história, sempre conversando com o telespectador, fazendo o possível para quebrar a famosa “quarta parede”, com muitos e muitos palavrões e dezenas de cenas de violência. Não foi por menos que muito se falou da classificação do filme que ficou acima de 16 anos. No entanto, parece que no Brasil os pais não ligam muito para as classificações porque vi várias crianças que pareciam ter menos de 10 anos entrado no cinema, com autorização dos pais. Lamentável!

Também vale comentar a excelente trilha sonora do longa e as piadas que Deadpool faz consigo mesmo, como citar a ausência de outros personagens da franquia X-Men no enredo. 


De modo geral Deadpool não é um herói para se levar a sério, embora a gente consiga perceber que por baixo da camada “zoeira” existe uma pessoa que se importa ao menos com quem ama. Porém, está longe de ter muita profundidade, o que já era de se esperar! O herói que não é herói, diverte, nos apresenta boas cenas de ação, com boas sequencias e sem dúvida cumpre com o papel de ser um dos personagens da Marvel mais divertidos de todos os tempos.

Michele Lima
Próximo
« Prev Post
Anterior
Next Post »
Comentários
8 Comentários
8 comentar
avatar

Olá, Michele! Tudo bem?
Ainda não assisti Deadpool, mas pretendo. Parece um filme divertido e ao mesmo tempo com ação. Espero gostar como você e muitas pessoas vem gostando.

Até mais. http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

Responder
avatar

Gostei do filme, mas concordo com vc: Deadpool é vazio. Um anti herói bom pra filmes de ação. Foi legal pra ver, comer pipoca, é tomar Coca-Cola, mas não entrou na minha lista de melhor filme da Marvel.

Alexandre do blog Do Que Eu Leio
@_alexandremelo

Responder
avatar

Estava dizendo em nosso bate papo que não estava afim de ver o filme, ai venho aqui, leio a resenha e me pego com vontade de conhecer a história do herói kkkk Bem, sou geminiana, é prerrogativa das geminianas mudar de ideia kkkkkkkkkkkkkkkk

Responder
avatar

Oie Michele =)

Como assim ressalvas com X-Men? Eu adoro eles rs...
Fui assistir Deadpool na estreia e adorei o que vi. Sem dúvidas um dos melhores filmes da Marvel até o momento. É um pouco pesado e até mesmo nojentinho em algumas partes, mas muito bom.

Beijos;***

Ane Reis.
mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
@mydearlibrary


Responder
avatar

Oii, assisti o filme sem nem saber do que se tratava e super amei!!! Perdi os créditos finais mas o filme é demais hahaha

Beijos,
Natália

www.doprefacioaoepilogo.blogspot.com

Responder
avatar

Natália, eu não achei nada demais nos créditos finais, só um pouco mais de putaria! rsrsrsrsr

Responder
avatar

Esse filme fazendo muito sucesso, e polêmica também. Hoje mesmo eu estava vendo umas feministas do meu face comentando o quanto o filme era machista... Eu pretendo assistir esse filme o mais rápido possível!

Abraços,

Blog Decidindo-se \o/

Responder
avatar

Oie Michele =)

Assisti Deadpool e adorei! Sem sombra se dúvidas uma das melhores adaptações de histórias de heróis (nesse caso anti-herói) da Marvel para os cinemas até o momento.

Beijos e um ótimo final de semana;***

Ane Reis.
mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
@mydearlibrary

Responder