Lidando com a decepção


Em meio a essa enorme discussão sobre a Cultura do Estupro no país, depois que uma adolescente foi estuprada por 33 homens, vi a notícia de que Johnny Depp está sendo acusado de violência doméstica por sua atual mulher, Amber Heard.

O advogado do ator diz que a acusação de violência doméstica é uma tentativa de Amber de conseguir um rápido acordo financeiro e uma pensão de U$ 50.000 por mês.

Assuntos super delicados, mas é um tanto difícil defender o Depp, só porque ele faz caridade não quer dizer que ele seja um santo, por outro lado, infelizmente, mentiras desse tamanho não seria a primeira vez a ocorrer. Apenas acho que talvez a Vanessa – fenda enorme entre os dentes – Paradis, primeira mulher do ator, que nunca deu sinal de violência doméstica (e nem sempre os sinais aparecem), pode ser uma das das poucas capazes de dizer se o ator é ou não um agressor. Acho muito difícil uma pessoa passar mais de 10 anos com alguém e não agredi-la fisicamente e de uma hora para outra passar a ser um agressor. Difícil, mas também não é impossível!

Muito se falou do termo “suposto estupro” no caso da adolescente e vi uma moça dizendo que o termo é usando porque o estupro ainda não foi julgado. Bem, ninguém diz suposto assassinato, né? Não gosto do termo, mas no caso do Depp a questão é mesmo de suposições, não dá pra saber de fato, embora eu acredite em Amber até que se prove o contrário, o que me faz sentir uma enorme decepção.... é a palavra que me define no momento.....

Muito difícil quando uma imagem se desfaz...

Michele Lima
Próximo
« Prev Post
Anterior
Next Post »
Comentários
0 Comentários
0 comentar